Escolha uma Página

Por Victor Bombana No ano seguinte a maior crise hídrica que o país viveu você deve estar se perguntando: e agora? O que vai acontecer? Está chovendo, mas o sistema vai se normalizar? A resposta das autoridades é aquele blá-blá-blá de sempre… Que estão tomando todas as providências para reduzir os efeitos desse período acentuam as campanhas para o consumo consciente e por aí vai. Aí você olha sua conta de água e toma aquele susto. O consumo está ou continua elevado, logo a sua conta está nas alturas. E o pior: a tendência é que as tarifas vão continuar a subir… Ah, e ainda tem o verão, período em que o consumo é mais elevado. Bom, e aí? Como resolver isso? Como saber se o que está acontecendo em sua casa é um aumento no consumo, vazamento ou erro de leitura do pessoal do serviço de água, hidrômetro com defeito? Eu começaria chamando um caça vazamentos. É uma forma de saber exatamente o que está acontecendo. Um amigo me contou que no mês passado tomou um baita susto com a conta de água. Chamou um pedreiro, gastou um bom dinheiro e no mês seguinte o problema estava lá… maior ainda. Acionou o pessoal do caça vazamentos e descobriu que na entrada de água na sua casa, com um pequeno, quase imperceptível movimento de terra, um cotovelo de 90º junto ao registro, ou hidrômetro,  havia trincado, e a água passava pelo seu hidrômetro, e era desperdiçada na sequencia. Um trabalho rápido, que proporcionou uma economia significativa no mês seguinte. Só para você ter uma ideia, nos últimos anos o aumento de consumo per capta tem sido em média 12% em relação aos anos anteriores e se colocarmos que o índice de desperdício de água potável no Brasil é de 37% entre a captação e a sua torneira, esse valor que equivale a seis Sistemas da Cantareira. Já imaginou a responsabilidade de cada um de nós? Agora, anote outro dado muito interessante: a perda de água causada por conta de vazamentos, pelo uso de hidrômetros adulterados, por ligações clandestinas e pela manutenção inadequada das redes pode ser resumida a dois fatores:

  • Falhas na gestão e
  • Falhas na manutenção.

Bom e aí? Você deve estar se perguntando… como faço a gestão de consumo de água em minha casa, meu condomínio ou até mesmo em minha empresa? Minha sugestão é começando com o básico que é as manutenções preventivas e corretivas. Você deve-se perguntar: nas minhas instalações essas manutenções estão sendo feitas no tempo certo e de forma correta? Posso te dar um ajuda nesse ponto. A empresa LEAK Inspection, que popularmente costuma ser conhecida como uma caça vazamentos oferece diagnósticos sobre o consumo em condomínios, faz inspeções por vídeo câmeras em indústrias e detecção de vazamentos com equipamentos de alta tecnologia para evitar quebras desnecessárias. Ah, sim, porque se você não souber exatamente onde está o vazamento e começar a quebrar na base do “achomentro” vai ter outra dor de cabeça, não é mesmo? Então é isso! Espero que essas dicas ajudem você a refletir melhor sobre seu papel nesse processo de uso racional da água e claro, contribua para que seu bolso não sofra com despesas desnecessárias. Com cada um fazendo sua parte podemos minimizar os impactos ao meio ambiente e promover educação e evitar desperdícios. Até a próxima!   Victor Bombana é engenheiro com especialização e experiência de mais de 25 anos em hidráulica e soluções para vazamentos.

0800 7735325

(19) 3258-2447

(19) 99193-6965

[email protected]
Entre em Contato