Escolha uma Página

As infiltrações e os vazamentos representam dor de cabeça em qualquer lugar que aconteçam. Um dos grandes inconvenientes é que nem sempre é fácil identificar sua existência, nem encontrar o ponto exato do problema, o foco do vazamento, da penetração da água.

Eles danificam a estrutura do imóvel, causando rachaduras ou fissuras, provocam manchas e, e alguns casos, goteiras. À medida que vai aumentando, a infiltração pode alcançar outras áreas, gerando um transtorno ainda maior e mais difícil de resolver.

Vamos falar neste artigo como tratar infiltração em pisos e garagens!

A infiltração em pisos

A infiltração pode ocorrer em qualquer cômodo de uma edificação, mas nas chamadas áreas molhadas existem maiores chances de isso acontecer. É o caso dos banheiros, áreas de serviço e cozinha. Neles se encontra a instalação hidráulica do imóvel.

A falta de uma boa impermeabilização é uma das principais causas para o surgimento de infiltrações. Mas elas podem ser resultantes de outros fatores também, como a instalação mal feita de tubos e conexões nos projetos hidráulicos.

No caso dos pisos, o assentamento inadequado de revestimentos e pedras pode gerar infiltrações. O baldrame (alicerces de alvenaria) ou fundações não impermeabilizadas também podem ser um motivo.

O rompimento de tubulações ou degradação dos materiais que revestem o piso podem causar infiltrações.

A presença de manchas sobre o piso pode ser um sinal de que está acontecendo uma infiltração.

A infiltração nas garagens

As garagens em sub-solos são propensas a infiltrações, o que se torna um grande problema para a edificação ou para o condomínio. Isso tende a gerar a desvalorização do imóvel além de representar um perigo para os usuários do lugar e para seus bens.

Alguns motivos que levam a aparecer infiltrações nas garagens é a pouca ventilação, a umidade que é característica nas regiões do subsolo, a presença de monóxido de carbono (que é um gás liberado pelos escapamentos dos carros). Esses fatores em conjunto contribuem para a deterioração da estrutura e dos revestimentos, contribuindo para o aparecimento de infiltrações e, consequentemente, de mofo nas paredes das garagens.

A água pode danificar o concreto e as ferragens que sustentam a edificação, ou seja, envolvem um risco alto para os usuários.

É necessário realizar manutenções periódicas no ambiente para evitar, dentro do possível, o surgimento desse problema.

Com a ajuda dos profissionais de uma empresa especializada, é possível efetuar uma inspeção eficaz nas garagens de prédios e mesmo de residências, procurando sinais de qualquer problema na instalação hidráulica. Com os equipamentos certos, é possível detectar focos de infiltração sem mexer na estrutura do local. Com equipamentos de ultrassom, de termografia e de vídeo inspeção, o profissional identifica focos de vazamentos em tubulações e infiltração sem fazer sujeira e reduzindo os gastos como problema para o proprietário.

Nas garagens que têm piso de concreto polido, sem impermeabilização, podem ocorrer transtornos quando é realizada a limpeza ou quando está chovendo, pois os veículos estacionam molhados e a água que escorre acaba formando poças.

O investimento na prevenção

Uma forma eficaz de evitar as infiltrações nas garagens é dada pelo engenheiro Otávio Luiz do Nascimento. Ele alerta que as paredes devem ser construídas mantendo uma distância de 5 a 10 centímetros do muro de contenção. Esse muro absorve o excesso de água e ajuda a evitar o mofo por apresentar pequenos furos que permitem a circulação do ar. Usando essa estratégia, impede-se que a umidade excessiva alcance a parte da garagem.

O teto da garagem é outro ponto vulnerável quando a região imediatamente superior está sujeita à ação de intempéries ou quando se tornou um espaço para plantas.

Por isso, se recomenda tomar cuidado ao construir jardins sobre a laje. Não é suficiente realizar a impermeabilização e colocar a terra porque as raízes podem causar o entupimento do dreno, rasgando a manta e deixando a água infiltrar.

Com o assentamento da construção e o deslocamento dos veículos, começam a surgir fissuras e trincas nos pontos que a água atravessa. Esses pontos, se não forem corretamente tratados, terminarão por apresentar infiltrações. 

O melhor tratamento para infiltração em pisos e garagens

A melhor solução para evitar e acabar com infiltração em pisos e garagens é a impermeabilização com produtos adequados.

A manta asfáltica continua sendo o impermeabilizante mais aplicado para impedir a passagem da água.

Existem também impermeabilizantes à base de poliuretano e produtos de base cimentícia que, quando usados sobre o piso, criam uma camada protetora resistente às intempéries e à tração. Esses produtos são muito utilizados em pisos por onde transitam muitos veículos.

Também há tintas específicas que podem barrar a água, mas anualmente elas exigem uma nova demão e a manutenção do processo pode sair muito cara.

Os transtorno com umidade em pisos e garagens podem ser ocasionados, em resumo, por três fatores:

  1. falta de um projeto eficaz de impermeabilização;
  2. falta de manutenção regular;
  3. perda da validade do material (o material tem elevada durabilidade apresentando, em média, de 15 a 30 anos).

É importante que se faça uma inspeção todos os anos, com profissionais especializados, para avaliar as condições do local. Não devem existir goteiras, fissuras, rachaduras, metais aparentes ou corroídos.

No caso das garagens, pode-se fazer um teste simples: despejar água na região de cima e observar para ver se ocorre alguma infiltração. Mas o ideal é realizar a inspeção profissional para ter certeza dos resultados.

Algumas pessoas costumam colocar uma calha no lugar do problema para que a água caia no chão e não no veículo. Trata-se de uma solução improvisada que pode complicar ainda mais a situação, principalmente com relação a danos estruturais.

Uma empresa especializada faz toda a diferença

Os caça-vazamentos são profissionais especializados que fazem uso de equipamentos modernos para identificar os pontos de infiltração sem derrubar paredes, nem quebrar pisos.

Os equipamentos oferecem resposta em tempo real e podem ser usados de forma preventiva. Assim, o profissional pode fazer uma inspeção e constatar que está tudo bem. Caso perceba que existe algum pequeno problema, por menor que seja, deve-se dar início à reparação do mesmo, evitando que ele se agrave.

Pisos com infiltrações podem ceder e formar grandes buracos. São perigosos principalmente se há um tráfego constante de pessoas, contribuindo para que o processo de desabamento se acelere.

Nas garagens, especialmente em condomínios, o desmoronamento do teto ou das paredes pode ocasionar graves prejuízos aos condôminos e ao síndico, com os danos aos veículos e a possibilidade de ameaçar vidas humanas.

É fundamental, portanto, precaver-se contra a infiltração em pisos e garagens. É importante uma verificação periódica para avaliar as condições do local e tomar as medidas necessárias o quanto antes.

Já teve problemas semelhantes? Mora em casa ou apartamento? Já conta com serviços especializados para verificação de infiltrações e reparos? Aproveite os espaços abaixo para deixar seu comentário!

0800 7735325

(19) 3258-2447

(19) 99193-6965

[email protected]
Entre em Contato